Vazou no whatsapp video amado jovem esposa virgem gozando do seu marido corno – porto alegre

19 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

19 seg

Categoria:

Tag: ,

Vazou no whatsapp video amado jovem esposa virgem gozando do seu marido corno – porto alegre

Vazou no whatsapp video amado jovem esposa virgem gozando do seu marido corno – porto alegre

No sabado não fui trabalhar, o Manuel chegou no mesmo horario, Sofia, já estava pronta, novamente com uma saia bem curta e fio dental, levantou a saia e me perguntou será que ele vai gostar, a calcinha preta bem pequena mal cobrindo a bunda e xoxota, e a blusa transparente sem sutiã, com um jaleco por cima, sairam já no carro vi quando ela riu e deu um beijinho no rosto dele, fiquei em casa, era pra ela voltar as nove horas, ela chegou as 10:30hs, com o jaleco na mão sem batom e meio despenteada, foi entrando pro quarto e me chamou, quando entrei ela rindo levantou a saia sem calcinha, me deu um beijo e disse amor ja passei e fui passada, fui tirando o short e nos deitamos eu disse me conta, ela disse que assim que entrou no carro ele foi pra um local mais deserto, fui pra direção lá e ai ele disse que ja tinha acertado tudo, foi logo pegando na sua perna, no começo ficou tremula, mais não tirou a mão dele da sua perna, então ele foi subindo a mão mandou ela parar o carro, a essa altura ele já estava pegando na sua xoxota, ele notou que ela tava toda melada, fastou sua perna e ela não teve reação, meteu o dedo na sua xoxota e ela suspirou, ele puxou a mão dela pra o pau dele, ela pegou por cima da calça ai não teve mais reação a não ser tirar seu pau da calça e começar um chupeta, ele tirou uma camisinha do porta luva e mandou eu coloca-la, o pau dele é bem maior e mais grosso que o seu, coloquei a camisinha dei outra chupadinha e sentei no seu pau no banco de passageiro, fiquei de costa pra ele, ele me segurou pela cintura e mandou ver, gozei gritando chamando ele de safado, ele me puxando pela cintura, gozei umas 3 vezes naquele velho gostoso, só sai de cima quando ele gozou, tirou a camisinha e mandou eu limpar com a boca, por isso meu amor me beija pra sentir o gosto do gozo dele, depois não tive mais força para fazer as aulas e ele veio me deixar, olha como tá tua xoxotinha toda esfolada, então comecei a chupar sua xotota, depois meti devagar pois tava ardendo da camisinha, gozei rapidinho, nos deitamos e acordamos pro almoço, e foi assim minha primeira vez como corno. Ele não estava muito seco, o mel da sua buceta e seu goso tinham escorrido lubrificando-o um pouco, mas mesmo assim a dor foi descomunal, era o que ela queria, queria que doesse para que berrasse com toda sua força e a sogra preconceituosa e puta enrustida ouvisse o que o filho amado fazia com ela nesse exato momento. Na primeira fila da sala, seus olhos não demoram para encontrar uma jovem morena de aproximadamente 18 aninhos, uma criança quase. Meu pau queria rasgar minha roupa, subi em cima dela, então ela fechou as penas assustada, então percebi que ela não queria, saí imediatamente de cima dela e perguntei porque ela não queria… ela falou bem baixinho que era virgem e não queria naquele momento, falei que tudo bem, beijei ela novamente, ela voltou a relaxar e suas pernas abriram novamente, voltei a chupar sua bucetinha, então ela falou que queria ver meu pau, fiquei de joelhos na cama e falei pra ela tirar ele pra fora, ai foi que percebi que ela nunca tinha visto um pau antes, nem sabia abrir meu zíper, tirei meu shorts e fiquei só de cueca, meu pau tava duro feito uma rocha então ela desceu minha cueca e arregalou os olhos quando viu ele… – É muito grande!!!… e grossa!!!, pedi pra ela tocar, ela pois a mão bem devagar toda sem jeito, tocou com a ponta dos dedos, meu pau tava escorrendo , tava muito excitado… então segurei a mão dela e comecei a fazer o movimento de subir e descer(punheta), tirei minha mão e ela continuou, que delicia, eu já tava quase gozando… pedi pra ela lamber a cabecinha, ela olhou pra mim com uma cara de assustada, então eu levantei comecei a passar a cabecinha na boca dela, bem devagar, então ela timidamente começou a passar a língua toda desajeitada, pedi pra ela abrir a boca, ela abriu só um pouco, só coube a cabecinha, ela deu uma chupadinha como se fosse um sorvete. "Quando eu tinha meus 19 anos, eu comecei um namoro com um garoto que se chamava Caio,e então, a gente sempre ficava só nos beijinhos… E isso não me satisfazia, ele sempre me dizia que era bom esperar, porém teve um hora que eu não aguento mais, e encontrei um velho amigo, que era meu ex o nome dele era Artur… Eu e o Arthur, conversamos muito numa tarde, até que o assunto sexo chegou… Muito nervosa, e daí ele começou a falar que ultimamente não estava fazendo essas brincadeiras… E que estava parado a um bom tempo, e eu comecei a falar as coisas que eu e o Caio, não fazíamos e ele contava as suas experiências e minha bucetinha já estava babando, molhadinha, até que ele tinha que ir… Recebeu uma chamada de urgência no celular e me avisou que precisaria, eu iria tentar leva-lo até a porta quando fui me despedir eu dei um selinho, e ele foi e sorriu e correspondeu o beijo, e entramos em um beijo intenso, molhado, deliciosos, mas… Não deu tempo e então… Na hora de sair recebi um puxão de cabelo, e um belo tapa na bunda e ele disse com o olhar mais safado “te vejo amanhã”… Imaginei, imaginei… Quando chegou, ele veio falar comigo,e ele já chegou me beijando, como se estivesse com desejo enorme por mim, e eu não fiz por menos, eu me entreguei para aquele homem maravilhoso… Logo estava totalmente nua, caprichei em cada detalhe para ele, bucetinha limpinha, sem pelo, pronta para ser devora por uma boquinha nervosa como a do Artur, e ele caprichou, me deitou, e me fez gozar, e ele me fez sentir o prazer que jamais sentir…Gemia, muito – Ahhhhh, Artur, náo para, pfvr… Não pare…E ele continuando numa intensidade, que meu deus…ele me sugava por completa… E depois estava na hora de retribuir o presentinho, dei um oral maravilhoso nele, não esqueci de nenhuma parte e dei carinho necessário a todas elas…Até que ele me jogou para ficar de quatro e receber a sua rola, espera, sua maravilhosa rola… Ele falava – Saionara, sua puta, estava querendob minha rola, não era? Estava com saudades do amiguinho não estava? eu vou gozar sua putinha… AhhhhhhhhE foi muitos tapas, na cara, na bunda, na bucetinha, e adorei! Tanto adorei que terminei com o Caio e estou numa maravilhosa amizade com meu bem, Artur""Alberico já chegara aos setenta anos e não estava mais “dando conta do recado” com sua esposa, a linda Carmen, 15 anos mais nova e ainda curtindo muito transar.

) Então foi aquele sentimento momentâneo sabe?Ele me pediu o meu número espontâneamente e eu passei, fui para minha casa, quando vejo uma mensagem nova no whatsapp, era o Felipe acho que não teve melhor hora para me mandar mensagem, eu estava assistindo filme de terror (sou apaixonada por esse gênero) e no meio do filme me veio ele no pensamento, disse para ele que adoraria que ele viesse na minha casa, e como ele não morava tao longe, era há umas duas quadras da minha e ele respondeu:– Claro, me passe seu endereço.

Há alguns anos quando tinha um colega da mesma idade que eu chamado Nando (o apelido é real), ficávamos juntos sempre que podíamos, um belo dia no apartamento dos pais deles (eu morava no mesmo prédio) que jogávamos vídeo game, e ele me disse se colocássemos um código nossos personagens ficariam sem roupas no jogo e podíamos dar comandos, assim o fizemos e nossos personagens ficaram nus e começamos a jogar.

Comeu-a de cachorrinho também e viu ela gozando, aos berros.

Desde que coloquei fotos dela numa exposição, ela nunca mais se importou com o fato de alguém estar vendo fotos dela nua. Sou casada, meu marido Romildo 53 anos, tem uma irmão 2 anos mais velho, o Valtão, que sempre foi um homem bem apanhado, casado com Maria Claudia, que tem minha idade. Como estava meio alegre e vendo ela de camisola, logo deitei bem próximo, e a abracei ela arrumou-se como querendo algo.