Vazou no whatsapp puta casada tocando siririca de seu colega de escola puteiro em joÃo pessoa paraÍba

2 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: ,

Vazou no whatsapp puta casada tocando siririca de seu colega de escola puteiro em joÃo pessoa paraÍba

Vazou no whatsapp puta casada tocando siririca de seu colega de escola puteiro em joÃo pessoa paraÍba

Foi aí que João se declarou. "Numa 5ª feira a noite, precisamente dia 28/01/16 estávamos em nossa casa tomando umas cervejas e nos despedindo, Roberto iria com a mudança para SP no sábado e Angela iria direto da Paraíba para encontra-lo.

Um dia estavamos em casa conversando e contei a ele sobre a gostosa que conheci no puteiro,contei em detalhes o que aconteceu,que havia comido ela gostoso do jeito que queria e ele logo ficou todo animadinho,deu uma apertada no seu pau e disse:Eu também quero comer com vontade essa putinha.

Certo dia um cara que era de um grupo de uns amigos, no whatsapp, nós nos conhecíamos, tínhamos se visto uma vez ou outra, porém nunca tínhamos conversado.

Já tinha visto algumas colegas que haviam feito isso e depois acabavam tendo que ir embora da cidade. Leticia e casada e morava com seu marido de 47 aqui em casa, pois o apartamento deles ainda não estava pronto, sempre tivemos respeito uns pelos outros da casa nunca ouve nenhum incidente exceto quando minha irmã brigou com o Leandro: Nesse dia eu estava na sala assistindo televisão sozinha com um camisola comportada cobria até metade da minha coxa, nada de mais estava usando uma calcinha transparente e como sempre e minha bucetinha lisinha, estava deitada no sofá quando ouvi eles brigarem e depois ouvi passos na escada imaginei que Leandro iria embora mas ele apenas se sentou no outro sofá de frente ao que eu estava, ele estava sem camisa e de bermuda de jogar futebol um pouco larga, ele não e nada bonito também não tem um corpo atlético resumindo nada atraente, ele se sentou e falou algo sobre a briga mas nem dei bola e continuei assistindo, já se passava das 00:30 da manhã ainda estávamos assistindo, a essa hora já estavam todos dormindo imagino eu, não nos falamos por um bom tempo apenas assistíamos a um filme (não me lembro qual), levantei e fui preparar um miojo, a cozinha fica bem ao lado da sala, cozinhando fiquei imaginando coisas e por um momento senti vontade de provocá-lo, foi ai que começou a brincadeira.

rnEra uma tarde como outra qualquer, e eu vasculhávamos a estante do meu pai em busca de um livro para fazer uma pesquisa escolar… Lá, escondidinho e todo empoeirado, encontrei um pequeno livreto com desenhos em preto e branco… Resolvi folheá-lo para ver do que se tratava e qual não foi a minha surpresa ao perceber que eram desenhos eráticos… Senti algo latejar em mim… Continuei folheando e me deparei com um desenho específico que chamou a minha atenção: uma mulher nua alisava o seu grelinho e dizia: ?ai como eu gosto, sinto o meu botãozinho ficar quente!? na mesma hora , uma sensação completamente nova invadiu o meu corpo e eu tive vontade de fazer o mesmo,sá pra experimentar…escondi o livreto na roupa e me tranquei no banheiro…me despi completamente,sentei sobre o vaso sanitário e abri as minhas pernas o máximo que pude…continuei a olhar aquele desenho que despertava algo incrível em mim e que eu jamais havia sentido… Com o dedo trêmulo, resolvi acariciar também o meu ?botãozinho?, percebi que o meu sexo estava molhado,todo lambuzado com um líquido viscoso… resolvi sentir o cheiro e levei então o meu dedo ao nariz,aquilo aguçou ainda mais o que estava sentindo…quis provar, e levei o dedo á minha boca…humm,delícia! Senti o meu gosto e decidi continuar acariciando o meu pequeno botãozinho…hum,como era gostoso!!o meu dedo deslizava em movimentos de vai-e-vem ,logo percebi que aquele liquido era para que o meu dedo deslizava sem problemas…continuei a acariciar e mais eu sentia vontade ,aumentei a velocidade …humm,que delícia!!(já estou toda molhadinha sá de lembrar)…é,eu estava excitada e com muito tesão,embora nem soubesse o que era isso! Sentia medo,não sabia se o que estava fazendo era certo,se era normal,mas continuei e cada vez com mais intensidade…de repente foi incontrolável …meu dedo deslizava com muita naturalidade e uma sensação inundou o meu corpo…ai!ai!ai!aaaai! era o meu primeiro orgasmo!que sensação maravilhosa era essa?eu pensava! Senti um profundo relaxamento e o meu dedinho, nossa! Estava afogado no meu prazer…deslizei mais uma vez sobre o meu botãozinho e levei o dedinho cansado a boca,queria sugar todo o meu néctar,e foi o que fiz…desse dia em diante,passei a me masturbar todas as tardes na hora do banho e à s vezes até de madrugada e ninguém nunca descobriu…era uma delícia!! Gozei muito!rnAntonio foi o primeiro a entrar na sala, estava sem camisa e de calça de montaria, ver a sobrinha de pernas abertas sendo lambida pela mulher o deixou de pau duro instantaneamente. Elas se encararam por alguns segundos e começaram a se beijar,eu fiquei de espectador,batendo a melhor punheta de minha vida,vendo as línguas delas se tocando,com o gosto de meu pau que certamente estava presente na boca das duas. AO chegar em casa logo adicionei ela e mandei mensagem perguntando o que ela estava querendo afinal me provocando daquele jeito? ela disse:– Simples eu quero ser sua Lolita, estou até vestida de lolitinha quer ver profe?-Quero!-Mas eu sou muito tímida lembra? não sei se consigo, melhor vou me descrever e você imagina, tó só com um vestidinho curto de alcinha e com calcinha de renda com trancinha no cabelo, imaginou?-Nossa deve estar linda, só não vou encarnar o personagem Humbert do livro porque você é muito sacana com ele!-Mas com você eu não vou ser, eu quero só que você me faça ser sua Lolita pra provocarmos muito um ao outro, por falar em provocar olha isso (e me mandou um vídeo mostrando ela vestida como estava sem dizer nada, ao final mandou apenas um beijo)-Profe e outra coisa, vai ser apenas uma vez! só pra saciar minha vontade de você e eu quero em um local público, sem ninguém ver a gente mas que possamos ouvir as pessoas!-Já sei, o meu escritório na faculdade que fica dentro do departamento, eu tranco e fica como se estivesse tirando dúvidas. ela estava de vestido e já tinha tirado a calcinha , se encostou na lateral do carro , abriu as pernas e caí de língua na Buceta que estava totalmente raspadinha e toda melada , ela começou a gemer pedindo para que não parasse de chupar até que ela gozou , mais gozou muito mesmo ,peguei uns lenços de papel e nos limpamos , seguimos viagem e ela falando que ainda queria gozar hoje outras vezes , paramos na subida da Serra e comemos um pão com linguiça e café , chegando em Friburgo , fomos direto para o Hotel que já tinha reservado no Centro da Cidade , deixei ela lá e fui fazer o Serviço , almoçamos juntos , ela ficou passeando pela cidade e quando foi umas 16:00 , fui para o Hotel e ao chegar no quarto ela estava vendo tv totalmente nua , encostada no travesseiro na cabeceira da cama de pernas abertas com aquela visão maravilhosa da Buceta raspadinha dela , fui ao banheiro tomei um banho e voltei de pau duro , ela sentou na beira da cama e começou a mamar minha pica , coloquei um dos pés em cima da cama , segurei a cabeça dela e fiquei ajudando ela e mamar meu pau com aquela língua maliciosa dela , ela me deixava louco , pedi a ela para ficar de quatro , ela ficou de quatro com aquela bunda maravilhosa querendo ser fodida , então botei primeiro na buceta , enquanto metia o dedo no cuzinho dela para facilitar a penetração , ficamos assim por uns 2 minutos , tirei da buceta e coloquei a cabeça bem devagar no cuzinho apertadinho da minha cunhada , fui empurrando devagar até enterrar tudo , ela gemia e falava mete tudo , eu sou gulosa quero ele todinho no meu cuzinho , enquanto eu enterrava a pica no cuzinho dela , ela tocava uma siririca , gozamos praticamente juntos , tomamos um banho , fomos na cidade comer alguma coisa e 2 horas depois voltamos para o HOTEL , caímos na cama e metemos por quase uma hora , agora só na Buceta , acabamos de foder , eu estava com meu pau quase esfolando e ela com a Buceta toda ardida , foi uma das melhores trepadas que já dei , estou até de pau duro lembrando desse dia maravilhoso com a companhia da minha cunhada rsrs ….