Vazo na net empregada gatinha gozando com marido de recife – pe

29 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

29 seg

Categoria:

Tag: ,

Vazo na net empregada gatinha gozando com marido de recife – pe

Vazo na net empregada gatinha gozando com marido de recife – pe

DO OUTRO LADO A VOZ DO JAIME, JÁ ESTÁ NUA QUERIDA? ELA COM VOZ DE GATINHA, SIM AMOR TOTALMENTE NUA PRA VOCE. Consegui umas férias,já que ficava me dividindo entre o trabalho e os cuidados dele,e bem no início de outubro fizemos uma viagem pra Recife,onde mora minha tia Aline. kkkkkkkCerta hora fui até a porta ver se bruna não estava descendo ela pegou seu shorts e colocou de lado e mostrou a parte da frente da calcinha de renda azul toda molhada nessa hora fiquei louco e quis começar a chupar ela mas ela não queria deixar, fiquei pelado e tirei o shorts dela, pedi para ela levantar encostei ela de costas pra mim na parede e comecei a passar meu pau no meio de suas pernas e beijava sua nuca e sua costas, ela estava louca até que ela cedeu e consegui colocar meu pau dentro dela sem camisinha mesmo seria coisa rapida, não poderia fazer tudo que queria com ela, começamos um movimentos gostoso de pé mesmo, ela gemendo baixinho me apertando, toda molhada, ela falou não para agora estou gozando, falei vamos gozar juntos, nem tirei meu pau de dentro dela e gozei gostoso em sua buceta, ela tirou de dentro dela e começou a me chupar limpoou ele todinho, e falou vai dormir seu safado já está clariando, essa noite vai ficar pra sempre em minha memoria.

Depois de 14 anos de casados, ele veio com aquele papo (que nós já conhecemos como o papo da vontade de ser corno…) de que precisavam incrementar o casamento, que estavam caindo na rotina… quem sabe se ela transasse com um outro não iria melhorar as coisas…Como quase toda esposa, quando ele começou a jogar essa conversa mole pra cima dela, ficou revoltada, achou que o marido não gostava mais dela, que estava procurando safadezas… mas ele insistia. Então, como eu dizia, depois que a empregada já não estava mais a trabalho deles, nas férias os dois irmãos ficavam praticamente sozinhos de manhã e de tarde.