Punheta gozando pra namorada

38 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

38 seg

Categoria:

Tag: , ,

Punheta gozando pra namorada

Punheta  gozando pra namorada

-Tá gostando vadia… quer seu negão no seu cuzinho, vagabunda?, divertia-se.

-Eu não sabia que Ruddi era negro! Me desculpe. Eu me considero morar no paraíso.

Dessa hora em diante, não conseguia mais pensar em outra coisa, e aposto uma chupeta (rsrs) que meu primo também não conseguia.

aiii assim voce vai fazeeerrrr euuu—-Após ter terminado esse ato delicioso,ela me chupou bem gostoso e disse que foi a melhor coisa que ela fez na vida e consequentemente foi a melhor punheta que recebi na vida também. O velhinho saiu do banheiro, eu fui para a pia e o cara continuou no mesmo lugar.

Pedi que ela entrasse e sentamos na única mesa. SIM GOZEI MUITO NUNCA VI UMA MULHER TÁO BONITA ASSIM NUA NEM NOS FILMES DAI E APONTOU A TELA, MELISSA DEU UM SORRISO E APONTOU PARA A PROPRIA BUCETA, O RAPAZ ENTENDEU E COME;OU A PASSAR A LINGUA NAQUELES L[ABIOS LINDOS, ELA COME;OU A SUSPIRAR, ELE CHUPAVA MUITO BEM, DEIXOU QUE ELE A CHUPASSE POR UM BOM TEMPO MAS COM MEDO DE GOZAR NA LINGUA DO CARA, FEZ SINAL QUE CHEGAVA, ELA MESMA J[A ESTAVA QUASE GOZANDO.

Bom, passado algum tempo desde minha primeira aventura sexual com a namorada do meu amigo, eles casaram e tiveram uma filha inclusive.

– Vai tio Gabriel, pode enfiar que eu quero mais.

Quando chego no 7º andar escuto um rádio chamando. Tudo o que eu queria era aquele caralho entrando e saindo, entrando e saindo, entrando e saindo.

Seu Jorge era um quarentão : bonito, tinha um peito largo e musculoso, de quem ja foi nadador profissional, coxas grossas e lisas, pele clara, barba rala ruiva e uma “mala” ´ que me fazia viajar na imaginação.

Assim que comecei a chupar a pica de Scheila, que era quem tinha o maior pau entre nós três, Pedro sugeriu que fossemos para a cama. Ela finalmente abriu seus olhos até o final, sorriu e disse: obrigada.

Você já estava arfando como uma cadelinha no cio, podia sentir que seria um orgasmo como eu nunca havia sentido antes.