Porno caseiro delicioso ninfetinha vagabunda gozando para amigo bem gostoso de nova friburgo – rj

2 min

Categoria:

Tag:

visualizações

2 min

Categoria:

Tag:

Porno caseiro delicioso ninfetinha vagabunda gozando para amigo bem gostoso de nova friburgo – rj

Porno caseiro delicioso ninfetinha vagabunda gozando para amigo bem gostoso de nova friburgo – rj

Eu tenho um primo que chama “Gabriel” e ele é dois anos mais velho que eu e nos somos muito próximos (foi ele que me mostrou o porno, a punheta {coisa q já fizemos juntos, mas cada um na sua}), contamos de tudo para o outro e ele pessoalmente é muito gostoso, (bem malhado com bariga tanquinho músculos bem aparentes e muito pegador) hetero, e a muito tempo percebo q sinto muita atração por ele, e um dia ele veio dormir aqui em Casa e quando ele dormiu não aguentei fui lá e com cuidado para ele não acordar comecei com uma encochada de leve e fiquei repetindo e passando mão nele e na cueca aí resolvi arriscar mais e com mais cuidado ainda desabotoei e abachei a bermuda dele, a cada mechida dele eu gelava, e cuando puxei a cueca dele vi aquele membro bem grande mesmo mole e coloquei mais da metade na boca que estava salivando que encheu quase toda a minha boca e mamei com vontade só parei quando ele quase acordou e dei uma última encochada e deitei na minha cama e dormi. JÁ FAZIAM 12 DIAS DA SUA CHEGADA E SARA NOS DEU UMA COLHER DE CHÁ, A GAROTA FOI PARA A ESCOLA SAIA AS 16 HORAS E AS 15 ELA FOI VISITAR UMAS AMIGAS DIZENDO QUE TELEFONARIA AVISANDO QUE ESTAVA VOLTADO, BEIJEI-A E AGRADECI, ANTES DE SAIR ELA DISSE MALICIOSAMENTE, QUERO SABER TUDO NA VOLTA SAFADINHO E SAIU, FUI PEGAR SANDRINHA NO COLEGIO LHE COMPREI UM SORVE NA VOLTA, SE TEM ALGO QUE ME DÁ MUITO TEZÃO É UMA NINFETINHA DAS PERNAS LINDA NUM UNIFORME DE COLEGIAL. ola sou joao carlos tenho 42 anos casado ha 20 anos com uma mulher conservadora nunca tivemos lua de mel entam com os filhos criados resolvemos sair de viagem para uma chacara no interior de sao paulo saimos na sexta feira a noite e chegamos de manha cansados o caseiro e sua esposa nos receberam bem eram um casal de mais ou menos 50 anos a esposa era mais nova uns 40 anos logo ela se enturmou com a minha mulher eu e o sr antonio o caseiro nao somos de muita conversa tambem ficamos bem eu sai com minha esposa a cavalo pelo mato fomos ate uma cachoeira comecei a beijar ela logo estava transando eu sempre tive tesao por ela mais aquele lugar me deixou com mais esquecemos do tempo e veio o sr antonio ver oque aconteceu quase vio a gente sem roupa fomos para a casa dormimos um pouco a noite resolvemos sar e ir ate a casa do caseiro ja que nao tinha ninquem conhecido por perto ao chegar la eles estavam transando com a porta aberta o sr antonio estava comendo o cuzinho da esposa ficamos olhando um pouco e voltamos pra casa minha mulher es tava molhadinha e eu de pau duro comi ela na varanda tentei comer o cu dela mais nao deixou disse que tinha medo de doer nao insisti e dormimos de manha a esposa do caseiro veio buscar minha esposa para nadar no lago eu fiquei descansando depois fui tambem escutei uns gritos e me abaixei e vi minha mulher de quatro e seu antonio comendo ela a esposa dele armou tudo nao tive reacao fiquei olhando de pau duro o cara tem um pau duas vezes maior que o meu ela nunca gritou e gemeu daquele jeito comigo me senti um trapo fiz de conta que nem vi quando voltaram eu disse que iriamos embora no outro dia pois tinha negocios pra resolver ela concordou a noite tentei comer ela mais ela nao quiz sai pra fora e camihei ate o lago sr antonio veio atraz e ficamos conversando sem deixar ele saber que eu vi tudo pois estava humilhado eu senti tesao ao lembrar da cena ele me pediu para ver meu pau estranhei mais ele disse que queria me chupar vi ali a chance de me vingar sem jeito eu neguei mais ele pegou no meu pau e abocanhou tudo dizendo meu gostoso comi sua mulher mais queria era te dar naquele escuro via so o vulto dele me chupando entao senti meu pau endurecer ele lambia eu ja nao aguentava mais nunca tinha feito isso com homem ele se virou e eu comi o cuzinho dele ele senou em cima de mim e com a mao acariciava meus graos e passaca o dedo no meu cu eu estava gostando ele tentou me comer mais nunca dei e ele era pauzudo demais depois de um tempo resolvi experimentar ele cuspiu no pau e veio empurrando quando entrou a cabeca senti tanto tesao que me abri e ele pois tudo doeu muito mais ele nao parou ate colocar tudo eu estava quase gozando ele tirou e pediu pra chupar ele me chupava e esfregava o pau duro na minha cara entao eu bati uma pra ele e gozamos depois como se nada tivesse acontecido voltei pra casa abracei mimha esposa no outro dia despedimos deles e fomos embora nois nunca haviamos trido um au outro la fizemos tudo eu sabia dela e ela nao sabe do que eu fiz ate hoje nunca esqueci a cena dela com outro e me mastuebo de lembrar a transa minha e aquele cara que alem de comer minha esposa me comeu tambem. O marido por sua vez olhava tudo sem participar, ele então foi para o banheiro e foi utilizar a sauna de lá ele ouvia sua esposa gemendo em minha pica e gozando por mais de uma hora comendo essa maravilhosa mulher demos uma pausa, ele o marido então voltou ao quarto e sentou na cama e disse: Não sei o que eu fiz sou apaixonado por minha esposa e trouxe ela aqui hoje para outro homem comer ela na minha frente, será que estou ficando doido, eu então para amenizar oi arrependimento dele disse, meu amigo você trouxe sua esposa para realizar sua fantasia e eu poder dar prazer a ela foi o que aconteceu ou não. Depois meu sogro saiu e ficou eu e meu namorado, e ele falou que ia comprar um biquíni minúsculo pra mim, e eu disse que não ia usar, mas mesmo assim, passou duas semanas e ele falou que tinha uma surpresa, então me deu uma caixa e tinha dois biquínis, na verdade dois super micro biquínis, super pequenos, aí falei você está louco, como vou usar isso no clube, vou ser expulsa, ele pediu para eu colocar, estávamos no meu quarto, então resolvi colocar e quando ele viu o pau dele ficou duro na hora, rsrsrsr então eu disse olha isso, na parte de cima tampava somente o biquinho do meu seio e na parte de baixo um dos biquínis era só um cordão atrás e na frente tinha uns dois centímetros de largura, se eu abrisse a perna um pouco ele entrava na minha pequena bucetinha, confesso que quando me olhei no espelho fiquei com tesão, o outro era branco, super pequeno também porém sem forro, se molhar a minha bucetinha iria ficar totalmente a mostra, meu namorado trancou a porta e transamos como louco, nunca tinha sido possuída por ele daquela forma, parecia um animal, quando transamos perguntei onde ia fazer marquinhas com aqueles biquínis tão pequenos, aí ele disse que podia ser na casa do pai dele, ai eu disse ficou louco seu pai me ver assim vai achar que sou uma puta, e durante a transa ele me comendo disse meu pai trabalha na firma a casa fica sozinha é só eu falar com ele, ele é de boa não vai se importar, ate mesmo porque quase ninguém usa a piscina, e você vai ficar sozinha, não sei não, disse, e se seu pai chegar e me ver com esses biquínis indecentes, ele me fudendo falou, se meu pai te ver assim vai ficar doido, e do nada ele disse, e olha que meu pai tem um pau super grande, quando ele falou vem em minha mente aquele volume que tinha visto dentro daquela sunga, então ele reforçou meu pai tem um pau muito grosso e comprido, minha bucetinha ficou mais molhada e disse pro meu namorado que conversava e me comia, e tão grande assim, ele disse sim, então fichei os olhos e imaginei e transei gostoso com meu namorado imaginando como seria o pau do meu sogro, foi a melhor transa que tive com meu namorado.

Não que eu seja uma vagabunda reparando no pau do marido da minha melhor amiga, mas eu ja estava carente, frustrada e insegura. ela estava de vestido e já tinha tirado a calcinha , se encostou na lateral do carro , abriu as pernas e caí de língua na Buceta que estava totalmente raspadinha e toda melada , ela começou a gemer pedindo para que não parasse de chupar até que ela gozou , mais gozou muito mesmo ,peguei uns lenços de papel e nos limpamos , seguimos viagem e ela falando que ainda queria gozar hoje outras vezes , paramos na subida da Serra e comemos um pão com linguiça e café , chegando em Friburgo , fomos direto para o Hotel que já tinha reservado no Centro da Cidade , deixei ela lá e fui fazer o Serviço , almoçamos juntos , ela ficou passeando pela cidade e quando foi umas 16:00 , fui para o Hotel e ao chegar no quarto ela estava vendo tv totalmente nua , encostada no travesseiro na cabeceira da cama de pernas abertas com aquela visão maravilhosa da Buceta raspadinha dela , fui ao banheiro tomei um banho e voltei de pau duro , ela sentou na beira da cama e começou a mamar minha pica , coloquei um dos pés em cima da cama , segurei a cabeça dela e fiquei ajudando ela e mamar meu pau com aquela língua maliciosa dela , ela me deixava louco , pedi a ela para ficar de quatro , ela ficou de quatro com aquela bunda maravilhosa querendo ser fodida , então botei primeiro na buceta , enquanto metia o dedo no cuzinho dela para facilitar a penetração , ficamos assim por uns 2 minutos , tirei da buceta e coloquei a cabeça bem devagar no cuzinho apertadinho da minha cunhada , fui empurrando devagar até enterrar tudo , ela gemia e falava mete tudo , eu sou gulosa quero ele todinho no meu cuzinho , enquanto eu enterrava a pica no cuzinho dela , ela tocava uma siririca , gozamos praticamente juntos , tomamos um banho , fomos na cidade comer alguma coisa e 2 horas depois voltamos para o HOTEL , caímos na cama e metemos por quase uma hora , agora só na Buceta , acabamos de foder , eu estava com meu pau quase esfolando e ela com a Buceta toda ardida , foi uma das melhores trepadas que já dei , estou até de pau duro lembrando desse dia maravilhoso com a companhia da minha cunhada rsrs ….

Chegamos na casa entramos e logo tirei a bermuda mostrando e mostrei o meu mastro para ela, nos dois estamos excitados da conversa que nos falávamos no caminho ela vei com a carinha linda de safada e se ajoelhou na minha frete e começou um delicioso sexo oral com aquela boquinha linda dela logo ela segurou na base do meu cacete e chupou bem gostosoEla chupou e eu passando a minha Mao na cabecinha dela nossa que delicia. "Faltava apenas três semanas para o fim das aulas e tinha algumas provas chegando! Tínhamos que fazer esse trabalho o mais rápido possível para que pudéssemos começar a estudar para as últimas provas e também para os vestibulares! Uma vez que não tinha mais nada a fazer a respeito do trabalho, eu me levantei e estava puxando minha cadeira para longe deleEssa caseiro se chama Pedro, aparentemente já com seus mais de 40 anos, morava proximo a principal casa da fazenda com sua esposa e seu filho adolescente.