O Que Adianta Casar Se O Meu Marido Me Deixa Nessa Situação Deplorável

O Que Adianta Casar Se O Meu Marido Me Deixa Nessa Situação Deplorável

O Que Adianta Casar Se O Meu Marido Me Deixa Nessa Situação Deplorável

Realmente, quando passamos ao lado do casario assombrado, ouvimos sons vindos lá de dentro.

Encaixei a chapeleta no anel de couro e empurrei com tudo. Olha , que delícia ! Eu estou toda aberta para receber esse seu pau enorme”“Deixa eu gozar na tua boca , tesão?”.

Fiquei muito excitado, mas lembrei que ele tinha bebido e não queria me aproveitar de uma situação como aquela, levei meu pai para o quarto ajudeio a se secar ele se deitou na cama eu ia para meu quarto quando ele segurou em minha mão e disse:_Não, não vá fique aqui! Durma comigo hoje. Tchau;"Bateu o sinal pra ir emboraE eu não queria mesmo deixar eles na mão e concordei em jogar. Sem perdermuito tempo ele me pega pela mao e me leva a seu quarto e pede pra eu ficar de quatro sobre ela, coloca a camisinha e volta a foder minha buceta, nao demora pra tocarmeu cuzinho com seus dedos massageando-o e com sua saliva tenta coloca-lo em mim, ele pede pra continuar nessa posição tira de mim e vai ao banheiro e rapidamente retorna e continua me fodendo, sinto algo gelado tocar meu cuzinho quente de tesao, seus dedos deslizam e me penetram com mais facilidade, logo estou pronta para receber aquelepau que depois de algumas gotas geladas a mais sinto ele devagar entrar em mim. Festa de Fim de ano, sabe com é, Família toda reunida, pessoal bebendo e com isso os desejos e a atração sexual de todos ficam mais a solta, principalmente aqueles desejos insanos!Tenho 35 Anos, de boa com a vida, confesso que quando quero sou safado e adoro provocar, ate porque o volume ajuda, (só provocação, porque se não souber como usar é logico que de nada adianta, kkkk), mais indo ao que interesse, entre o pessoal que veio chegou o primo mais novo (19) recém casado com uma morena baixinha da mesma idade. Eu estava exausta, mas estava impressionada com o comportamento do meu marido.

Um dia o convidei, sem a menor maldade, para ir à minha casa para conversar, ouvir música e tomar uma bebida.