Ninfeta Gatinha Caiu Na Net Nifetinha Muito Safadas Gozando Para Padrasto De Sp

53 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

53 seg

Categoria:

Tag:

Ninfeta Gatinha Caiu Na Net Nifetinha Muito Safadas Gozando Para Padrasto De Sp

Ninfeta Gatinha Caiu Na Net Nifetinha Muito Safadas Gozando Para Padrasto De Sp

Então enrolei em uma toalha e acompanhei ele até o portão quando acionei a abertura do portão dei de cara com o meu padrasto que tinha ido buscar umas coisas da minha mãe que estava aqui em casa. Assim perdi minha virgindade! Espero que tenham gostado"– O povo conta poraí que o espríto dele mora na sede da fazenda inté hoje e o da noiva rodia no pomar…Comemorar sempre é muito bom e eu adoro um happy hour com os amigos.

Fiquei cerca de 30 minutos me deliciando com a farra que as duas safadas faziam na cama.

ella veio tirando a minha camisa. ELA ME PUXOU E FICAMOS ALI DEITADOS UM POUCO ELA FAZENDO CARINHO NO MEU CABELO ME DISSE:– KIM EU NÃO COLOQUEI MEU DEDO EM VOCÊ PORQUE VOCÊ É VIRGEM.

Quando ele começou a movimentar a cintura para os lados, meus joelhos tremeram e eu soltei um gemido baixinho e totalmente feminino, como se fosse uma gatinha querendo leite. Depois me jogou sentado no sofá e sentou em meu pau. Me colocou sobre o capô de bruços passou a mãos numa lata de graxa que estava ao lado e começou a engraxar o meu corpo deslizando aquelas mãos enormes pelo meu corpo me fazendo delirar de tesão.

– Gabiiiii!!! Estou gozandooo, meu benzinhooooo!!! – ela gemeu e começou a se tremer toda, gozando bem gostoso.

Ele disse que não sabia. É lógico que fiz algumas restrições,já que a última vez que eu a vi ela era totalmente impossível de se conversar,sendo sempre muito independente e arteira,aprontando mil e uma com assunto de namorado,isso e aquilo,apesar de não ser bonita(pois na época ela tinha 12 anos e estava naquela fase de espinhas,aparelho nos dentes e umas gordurinhas sobrando na barriga)sabia pegar um cara de jeito;por tantas vezes eu me peguei batendo uma punheta pra ela ou ficando de barraca armada por causa daquela ninfeta que me atentava com uma certa voz rouquinha e um jeitinho atentado de ser. – mas você nunca deu em cima de mim.