Gozando Dentro Câmera Lenta

Gozando Dentro Câmera Lenta

Gozando Dentro Câmera Lenta

Fomos ficando mais velho ate que uma das vezes eu falei pra ele me chupar… e acabei gozando na boca deleEntao conheci minha futura esposa e ainda saia com esse amigo, mas agora não tanto como antes…Mas quando saiamos, comecamos a fazer outras coisas…. Segurei firme em suas coxas grossas e enfiei a cara entre suas pernas.

Cris estava sentada em uma mesa próxima à mesa do bolo e toda vez que eu ia fotografá-la, cris dava uma pequena abrida em suas pernas onde, pela lente da câmera eu podia ver sua calcinha preta.

Afastei-o para o lado e enfiei minha rola naquela buceta melada, ela gritava desesperada, por mais que eu pedisse silêncio para não acordar as crianças, ela não conseguia se controlar, foi quando num puxão ela aproximou o cachorro de si e enfiou a rola dela na boca, cheguei a ficar com inveja, tamanho a volúpia com que ela chupava aquele cacete, o cachorro era pequeno, mas bem dotado, de repente, jatos de porra pingavam da cabeça inchada do cacete do cachorro, não resisti e esporrei dentro daquela buceta sedenta e maravilhosa. Quando terminamos, poucos minutos depois minha namorada chegou mas não desconfiou de nada. Ela se deitou de barriga para cima e eu voltei a atacar seu pau, pois ainda não estava saciado de chupar aquela linda vara.

Quando encostou seu corpo no meu, e meu pau estava todo atolado nela, ela ficou imóvel, sentindo meu caralho pulsar, por alguns segundos, então olhou na direção de Vitor, que continuava imóvel, com o controle na mão, e começou a subir e descer lentamente, e a cada estocada era um suspiro mais forte, e continuamos nesse ritmo por algum tempo, mas eu não aguentava mais, queria meter forte, então ainda segurando seu quadril, forcei um ritmo mais rápido, seu corpo já se chocava contra o meu, e a adrenalina nos fazia querer gemer alto, gritar, e aquela buceta escorria pela minhas coxas, ela estava completamente molhada.