Flagra Tarado Filma Vagabunda Muito Safadona Gozando Taradão De Recife – Pe

47 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

47 seg

Categoria:

Tag: ,

Flagra Tarado Filma Vagabunda Muito Safadona Gozando Taradão De Recife – Pe

Flagra Tarado Filma Vagabunda Muito Safadona Gozando Taradão De Recife – Pe

Sou contar o dia que me masturbei para meu ex namorado e meu pai me pegou no flagra.

"Qual vai ser a sua Caio?-Eu já sei oque fazer…E quanto a você Didi? Vai fazer oque?Eu preferi abrir mão de qualquer coisa, então disse:-Já me contento com qualquer coisa que Caio fizer…-Está com peninha Didi? Depois de tudo que aconteceu? Vai deixar barato?"No conto anterior,relatei a transa que tive com uma garota de programa que conheci em um puteiro e agora venho contar a delícia de foda que tivemos entre eu, Leona e meu amigo Lucas,ele tem 27 anos,é branco,tem 1,80 cm +-,corpo médio forte,cabelos pretos e é taradão por mulher assim como eu. eu estava quase gozando dentro do carro , às vezes vendo o que acontecia e às vezes só imaginando, quando ela se escondia por trás das prateleiras da loja ,e ele quase sempre andando atrás dela como um cachorrinho , ele mais uma vez falou algo pra ela , chegando bem próximo do ouvido dela , ela então fez sinal que sim e foram pro outro lado da loja no setor de cosméticos , ele foi pra dentro de outro balcão ficaram conversando um pouco , às vezes ela ria e ele falando sei lá o quê pra minha safada , devia estar falando algo que ela gostava muito pois foram mais de 20 minutos assim , e eu com o pau pra fora da calça pensando bobagem e muita safadeza , quando ele foi atrás de uma grande prateleira cheia de coisas e ela foi também , parecendo que procurava algo e ficaram alguns segundos lá atrás , aí não vi nada mas fiquei intrigado , será o que rolava lá atrás?Depois de um tempinho eles vieram pra frente da loja , ela na frente e ele atrás olhando diretamente pra bunda dela sem despistar , devia estar vendo aquela bunda gostosa se mexendo muito no vestidinho fino que ela usava , ele arrumou os produtos , fez as contas e ela pagou olhando diretamente pros olhos dele , parece que ele ficou meio tenso ou sei lá e morrendo de tesão , voltou o troco e ela saiu , dando um tchauzinho e olhando pra trás , entrou no carro e saímos ,quando ela falou :“Mas o que é isso ? pra que esse pau duro pra fora da calça seu Corninho safado???” Falei: você quase me mata de tesão , se mostrando pro rapaz daquele jeito e olha no que dá , não tem CORNO que aguente sem bater uma , quero que me conte tudo o que vocês conversaram lá dentro safadona. – falou, mas dando um passo para frente, fazendo menção de entrar, peguei em seu braço e a puxei, já colando seu corpo ao meu fui a beijando aquela boca linda e já desabotoando suas roupas e em segundos estavas-mos nus, eu mamava seus seios e a beija e lambia aquele corpo macio e cheiro, deite ela na cama e abri suas pernas deixando a mostra uma buceta linda, ela não se depilava mas não tinha muitos pelos, deixando aquela bucetinha mas bonita ainda, abri ela com os dedos deixando aflorar seu clitóris, desci a boca e passei a língua nele depois o suguei, passei a língua nos lábios e introduzi ela dentro do seu canal úmido, ela se contorcia e gemia, fui subindo e fiquei a em cima dela com o pinto entre seus seios, passei ele na sua boquinha linda ela deu uma chupada na cabeça dele eu apertei seus seios em torno do meu pinto e comecei a meter entre eles ela o chupava caba vez que a cabeça chegava a sua boca, eu quase gozei, mas me contive e voltei abri suas perna apontei meu pinto em sua buceta e o enfiei agora com delicadeza e ele foi sendo engolido por aquela grutinha quente e macia, quando estava já quase gozando, eu pedi que virasse de costas, nossa aquela bunda branquinha e lisinha era muito bonita eu passei o pinto varias vezes em sua bucetinha e comecei a estocar com gosto não demorou e nos dos gozamos, eu deitei a seu lado a puxando em cima de mim ficamos nos beijando por vários minutos, então ela disse. Estava tudo uma delícia então coloquei meu celular para filmar a foda e fui para o lado deles tocar uma punheta enquanto eles comiam minha namorada safada que gemia feito uma louca mostrando que também estava gostando do sexo.

"meu nome é David, sou moreno cor de jambo, tenho 25 anos, não sou magro nem gordo tenho 1,80 de altura 80 quilos,tudo começo quando começou quando um dia minha chefe pediu pra que eu levasse ela no banco, pois o carro dela estava na oficina, no caminho ela recebeu uma ligação de seu marido, que pelo que deu pra entender ele a tratou mal, e pelo que parecia não tinha sido a primeira vez, depois que ela desligou ficou se lamentando dele, dizendo que ele merecia ser traído e mais umas coisa, dai pensei é a hora de atacar, pois sempre fui tarado nela, uma morena de 1,70 de altura peitos médios, bunda tamanho GG linda e uma bucetinha pequenininha e apertada…logo comecei a consolar minha chefe e percebi que ela estava decidida a ir fundo na traição, não me deixei perde tempo, mesmo dirigindo comecei a passar a mão na perna dela e consolando ela sempre me dizendo que eu era gentil e que eu deveria ser um ótimo homem, depois de muita conversa chegamos ao banco ela resolveu o problema e decidimos sair pra almoça, leve ela a um restaurante bacana, la conversamos e ela começou a se insinuar pra mim e perguntou se eu teria coragem de ficar com ela, eu disse que sim que ela era muito bonita nova charmosa, só restaurante sem muitas conversa ela já mandou eu ir pra um motel próximo disse que o marido iria ter o que ele queria, fiquei sem palavra e apena obedecia levei o carro ate um motel, ela já bem soltinha acariciava meu pau por fora da calça mesmo, quando entramos no motel ela me deu um beijo e disse que estava doida pra dá, disse que o marido dela não a comia ela e quando ele comia era só uma transa rápida, ela falou que queria um homem de verdade, e eu a mostrei que sou um homem de verdade, já fui abrindo o zíper da calça e ela se surpreendeu com o tamanho do cacete já duro ele mede 19 cm, ela falou nossa é o dobro do corno do meu marido, eu apenas sorrir e a puxei pra que ela a mamasse, e sem frescura ela caiu de boa nele, chupava deliciosamente, mas meu intuito era outro era aquele rabo delicioso, sem demoras coloquei-a de 4 e metir forte naquela boceta que era apertada ela gemia gostoso rebolava como se meu pau fosse o melhor, depois de uns minutos ela gritou mais rápido seu tarado, vai me fodeee porraaaa eu vou gozaaa, sentir que a buceta dela ficou mais lubrificada e mais quente, era o gozo da minha chefinha que delicia eu fiquei loco com aquela cena eu comendo aquela buceta olhando aquele cuzinho piscar pra mim não deu outra gozei dentro dela quando tirei o pau dela ela olhou e falou quero mais,vou contar no próximo pra não ficar cansativo, mas foi uma foda maravilhosa comer minha chefinha!!!"Sentados, saboreamos uma deliciosa cerveja.

Ele foi socando no meu cuzinho cada vez mais rápido me chamando de vagabunda e sua putinha até que gozou deixando minha bunda branca de tanta porra.

Ela tira o carro, para ao meu lado e diz:"Meu pai e minha mãe são separadosEu moro com a minha mãe e raramente durmo na casa do meu pai"-Você ficou safada depois que eu te engravidei lá em Recife,né?Minha esposa e a Marianna voltam quase meia noite… Eu fingi que estava dormindo, com o rabo dolorido, mas satisfeito. Mas aproveitando para esbogalhar meus olhos nela disse que ela estava uma mulher linda e que ía arrebentar muitos corações….