Flagra Amador Real Brasileiro Linda Buceta Grande Carimbando Buceta Na Pica Durinha Com Ex-marido De Petrópolis – Rj

Flagra Amador Real Brasileiro Linda Buceta Grande Carimbando Buceta Na Pica Durinha Com Ex-marido De Petrópolis – Rj

Flagra Amador Real Brasileiro Linda Buceta Grande Carimbando Buceta Na Pica Durinha Com Ex-marido De Petrópolis – Rj

Até que chegaram mais dois caras e começaram a me atiçar e me jogaram no sofá, senti varias mãos passando pelo meu corpo e me senti nas nuvens, do meu lado havia uma mulher linda e acho que ela percebeu que eu estava admirando e começou a me beijar, foi descendo e senti sua língua no meu peito, na mesma hora senti a língua do Lucas na minha buceta e estava tudo uma delicia…. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Se a Ângela resolve conversar com a prima pega os dois no maior flagrante”.

Sou português e como tal peço desculpa se algum termo que usar, não for familiar ao povo brasileiro que domina este site.

"Quando eu tinha meus 19 anos, eu comecei um namoro com um garoto que se chamava Caio,e então, a gente sempre ficava só nos beijinhos… E isso não me satisfazia, ele sempre me dizia que era bom esperar, porém teve um hora que eu não aguento mais, e encontrei um velho amigo, que era meu ex o nome dele era Artur… Eu e o Arthur, conversamos muito numa tarde, até que o assunto sexo chegou… Muito nervosa, e daí ele começou a falar que ultimamente não estava fazendo essas brincadeiras… E que estava parado a um bom tempo, e eu comecei a falar as coisas que eu e o Caio, não fazíamos e ele contava as suas experiências e minha bucetinha já estava babando, molhadinha, até que ele tinha que ir… Recebeu uma chamada de urgência no celular e me avisou que precisaria, eu iria tentar leva-lo até a porta quando fui me despedir eu dei um selinho, e ele foi e sorriu e correspondeu o beijo, e entramos em um beijo intenso, molhado, deliciosos, mas… Não deu tempo e então… Na hora de sair recebi um puxão de cabelo, e um belo tapa na bunda e ele disse com o olhar mais safado “te vejo amanhã”… Imaginei, imaginei… Quando chegou, ele veio falar comigo,e ele já chegou me beijando, como se estivesse com desejo enorme por mim, e eu não fiz por menos, eu me entreguei para aquele homem maravilhoso… Logo estava totalmente nua, caprichei em cada detalhe para ele, bucetinha limpinha, sem pelo, pronta para ser devora por uma boquinha nervosa como a do Artur, e ele caprichou, me deitou, e me fez gozar, e ele me fez sentir o prazer que jamais sentir…Gemia, muito – Ahhhhh, Artur, náo para, pfvr… Não pare…E ele continuando numa intensidade, que meu deus…ele me sugava por completa… E depois estava na hora de retribuir o presentinho, dei um oral maravilhoso nele, não esqueci de nenhuma parte e dei carinho necessário a todas elas…Até que ele me jogou para ficar de quatro e receber a sua rola, espera, sua maravilhosa rola… Ele falava – Saionara, sua puta, estava querendob minha rola, não era? Estava com saudades do amiguinho não estava? eu vou gozar sua putinha… AhhhhhhhhE foi muitos tapas, na cara, na bunda, na bucetinha, e adorei! Tanto adorei que terminei com o Caio e estou numa maravilhosa amizade com meu bem, Artur""Alberico já chegara aos setenta anos e não estava mais “dando conta do recado” com sua esposa, a linda Carmen, 15 anos mais nova e ainda curtindo muito transar.

Como era sexta feira, a filhinha dela estava com o ex-marido, e aí estava a oportunidade que eu precisava.

Certo dia por meio de um aplicativo eu contratei uma para passar a noite comigo fodendo em um motel, escolhi a melhor que tinha, uma loira alta de coxas grossas e uma bunda gigante, bem durinha, o sonho de qualquer mulher. Logo chegamos nessa rua que era entrada de uma granja e descemos até a curva onde ninguém poderia nos ver, ele parou o carro e eu já comecei a chupar aquele pau com cheiro gostoso, não muito grande mas bem grosso e de cabeça pequena, chupei por alguns minutos e ele sugeriu pra gente sair e ir pra trás do carro.

Nao pensei duas vezes e comecei a chupa-los! No meio de minhas caricias, eu percebia que o seu grilinho cada vez mais inchava e crescia… procurava por minha lingua, ja implorava por ela! Foi ai que eu pensei… tenho que dar a ela prazer a tal ponto que ela ira se arrepender de nao ter me conhecido antes e por isso nao vai me rejeitar quando souber quem eu sou! Foi ai que dei inicio ao meu trabalho… primeiro estimulei o precioso grelinho, com muito carinho com o meus dentes, depois, de leve, encostei a ponta da minha lingua nele dando inicia ao ciclo das caricias! Primeiro lambia o seu clitoris bem devagar… mas a medida que aumentava o seu tesao e com ele os seus gemidos e suspiros, minha lingua ficava mais rapida se transformando num nervoso chicotinho! Minha lingua, com movimentos bem rapidos, atingia com forca e carinho os mais secretou pontos do prazer feminino! Estava mesmo disposta em satisfaze-la por isso mantive por mais algum tempo aquele cansativo ritmo! Quando percebi que aquele anjo estava com orgasmo eminente retirei a lingua de seu clitoris! Foi nessa hora que aquela bucetinha maravilhosa procurou por minha lingua! Voltei a chupa-la… mais uma vez quando ela ia gozar tirei a lingua, mais uma vez a sua grutinha me procurou! Continuei fazendo a mesma coisa por mais um tempo! Era uma loucura, eu nao deixava o meu anjo gozar! Tomei aquela atitude pois sei que desse geito quando o orgasmo finalmente chega… Pretendia manter o ritmo por mais algum tempo, porem em uma de minhas investidas meu anjinho nao aguentou e no meio de suspiros e gemidos, bem baixinho e com a voz amedrontada ela falou: “por favor, desta vez nao para, pelo amor de Deus!!! Vai ate o final, por favor!!! Meu corpo, que ja estava cheio de tesao, se incendiou mais ainda! Percebendo a tortuta que estava fazendo com ela, resolvi que aquela era a hora… e fui fundo!! Continuei a chupa-la, senti aquela buceta vibrante em minha boca me implorando por mais! Meu anjo gritava: AAAAIIII… NAO PARA,, NAO PARA…EU VOU… Claro que ela nao disse, mas eu nao parei e senti cada contracao de seu gozo, ali em minha boca! Seu gozo veio em ondas, ondas de prazer como eu havia planejado!!! E quanto mais ela gozava, mais eu a estimulava fazendo com que o seu prazer nao acabasse! Ela respondia aos meus carinhos gritando, se contorcendo, gemendo, chorando de prazer! Aquela cena, daquele anjo se debatendo em gozo, me deixou tao alucinada de desejo que acabei gozando tambem, junto com ela! Foi nessa hora que eu parei de estimula-la, pois nao consegui manter o ritmo por causa do meu gozo… mas foi bem na hora, pois ela ja estava esgotada de tanto gozar! Depois comecei a chupar cada gotinha de seu gozo! Depois dei-lhe um beijo na boca para dividir com ela o seu proprio gostinho, ela estava tao esgotada que nem sei como conseguiu me beijar! Passamos um tempo deitadas, abracadas, para que as nossas respitacoes e pulsacoes pudessem voltar ao normal.