Dotado Gozando Na Buceta Da Casada Tatuada Com Dama De Paus Enquanto O Corno Filma

Dotado Gozando Na Buceta Da Casada Tatuada Com Dama De Paus Enquanto O Corno Filma

Dotado Gozando Na Buceta Da Casada Tatuada Com Dama De Paus Enquanto O Corno Filma

Passados alguns dias, ela chegou mais tarde da academia, me chamou no quarto, tirou a calcinha da bolsa toda melada de porra e disse você não queria, fui pro carro dele, ele meteu em mim sem pena e deixei ele gozar na minha calcinha pra te mostrar, eu ja tava de pau duro ela pegou no meu pau e disse vamos terminar o serviço meu corninho, chupa minha xaninha toda melada da porra dele, chupei com vontade e gozei ela me chamando de corno. logo meti a mão dentro da calça leging dela e comecei a massagear seu clitóris,ela louca de tesao clm a bucetinha minando água logo meteu a mão na minha pica(uma grossa de 15cm, caso verídico e não vou mentir) eu a beijava bem gostoso enquanto enfiava o dedo na buceta dele e massageava o clitóris,ela gemia baixinho feito louca, logo tentei comer ela de pé mesmo,abaixei a calça e temtei meter,mas como a buceta é muito embaixo não entrava, o jeito foi virar ela de costas,abaixei um pouco a calça dela e mete a pica que entrou deslizando de tão tarada que ela tava,poucos movimentos e ela gozou no meu pau me deixando melado, eu logo depois dei um esporro de gozo,enchendo o rabinho dela de porra, senti mwu pau pulsando e jorrando naquela buceta foi uma delícia.

""Eu sou a Leila, tenho trinta e dois anos, sou casada e não tenho filhos, apesar dos meus trinta e dois anos o meu corpo continua o mesmo, seios durinhos, coxas grossas e uma bundinha arrebitada, que causa confusão por onde eu passo, mas a minha irmã casula e muito mais bonita e muito mais gostosa do que eu, ela tem vinte anos é solteira e tem um corpo que é um espetáculo, confesso pra vocês, apesar de me achar uma mulher fora de serie, eu sinto inveja daquele corpo perfeito que ela tem, até o meu marido, que morre de ciúmes de mim, vivi arrastando as assas pra cima dela, eu já peguei os dois varias vezes de segredinhos um com o outro, quando eu chego perto eles mudam de assunto. Pouco depois, ficou por trás de mim, sobre minha cabeça, filmando minha ação no traseiro de Sandra.

Lambi todinho, beijei a cabeça, lambi as bolas enquanto punhetava finaliza chupando (colocando na boca o maximo que podia). Ela era virgem!Eu enfiei minha lingua o mais profundo que pude ela gritou de tanto que gozou, eu bati tão forte na bunda dela que ficou minha mão tatuada na bunda dela hahahah.

Quando estava quase gozando percebo que o João estava na sala.

"Quando eu tinha 16 anos já tinha transado com vários amigos, porem todos tinham um dote pequeno de no máximo 15cm e o meu fetiche era transar com alguém bem dotado, eu tinha um colega de escola chamado Diego ,ele era moreno alto sarado, ele era quieto e tinha 17 anos, me aproximei dele e puxei conversa, ele era legal, comecei a conversar com ele por vários dias seguidos pois diziam que ele era gay e tinha um dote enorme, após ficamos amigos convidei Diego para ir na minha casa para nadarmos na piscina, minha mãe ficava o dia todo fora de casa trabalhando então não teria problema … Diego aceitou, então logo depois da escola que acabava 12:00 fomos para a minha casa, tranquei o portão e fomos direto para a piscina, Diego falou se teria problema de ele nadar de cueca e eu disse que não, nadamos por algum tempo e depois começamos a conversar, eu mandei algumas indiretas para ele que percebeu, então ele me perguntou se eu era gay, eu fiquei quieto e ele deu uma risada, disse que eu não precisava ter vergonha porque ele também já tinha feito sexo com homens, eu perguntei se ele era passivo ou ativo e ele respondeu que era ativo, e me fez a mesma pergunta e eu disse para ele que eu era passivo, ele então deu uma risadinha maliciosa e disse se eu achava ele bonito, respondi que sim e então ele perguntou se eu queria transar com ele, fiquei quieto e apenas deu um sorriso malicioso.