Caiu na net video caseiro safada estupidamente gostosa gozando de seu colega de escola de moema – sp

10 min

Categoria:

Tag:

visualizações

10 min

Categoria:

Tag:

Caiu na net video caseiro safada estupidamente gostosa gozando de seu colega de escola de moema – sp

Caiu na net video caseiro safada estupidamente gostosa gozando de seu colega de escola de moema – sp

Estávamos próximo de Moema, bairro em SP cheio de casas desse tipo, e no caminho deixei claro que o meu objetivo era curtirmos a noite, eu só queria ela, e conhecermos uma casa de swing que tanto imaginávamos. Eu e meu amante gostoso continuamos a nos encontrar e tudo com ele era tão maravilhoso, fomos ficando próximos demais e já não nos encontrávamos somente pera transar, mas conversávamos e trocávamos carinho eu sempre dizia pra ele que não era pra ter sido tão gostoso na primeira vez, não era pra ter virado um caso era pra ter sido só uma ficada,até que um dia ele me pediu uma foto da minha bunda e eu fiquei de quatro virada pra o espelho ele em pé na minha frente tirou essa foto e levou para casa no celular, se eu soubesse que essa foto seria o fim de tudo eu nunca tinha deixado ele tirar, a mulher dele viu essa foto me ligou falou um monte e ainda por cima disse pra ele que eu quem tinha ligado, ele com todo direito ficou com raiva de mim não me ligou mais, eu então o liguei contei o que de fato tinha acontecido e ele pediu pra voltar eu falei que não era melhor não, temi a reação da esposa dele que disse a mim que postaria a foto nas redes sociais, então terminamos nosso caso,eu não conseguia esquecer aquela língua e o que ela transmitia em mim de jeito nenhum, então uma semana depois resolvi mandar uma mensagem pedindo pra voltar, levei um “coice” ele disse que tinha respeitado a minha decisão e que eu agora precisava respeitar a dele e não dava mais para nos vermos, aceitei não muito feliz mais aceitei, hoje continuo com meu namorido e quando transo com ele prefiro que a lampada esteja apagada só assim posso imaginar que seja o meu amante gostoso peço que o tempo se encarregue de fazer com que eu possa experimentar aquela lingua gostosa de novo. Meu pai estava de férias, sai de manhã para ir para a escola normalmente, quando voltei meu pai não estava em lugar nenhum, resolvi tomar um banho e vestir uma roupa fresca.

ola sou joao carlos tenho 42 anos casado ha 20 anos com uma mulher conservadora nunca tivemos lua de mel entam com os filhos criados resolvemos sair de viagem para uma chacara no interior de sao paulo saimos na sexta feira a noite e chegamos de manha cansados o caseiro e sua esposa nos receberam bem eram um casal de mais ou menos 50 anos a esposa era mais nova uns 40 anos logo ela se enturmou com a minha mulher eu e o sr antonio o caseiro nao somos de muita conversa tambem ficamos bem eu sai com minha esposa a cavalo pelo mato fomos ate uma cachoeira comecei a beijar ela logo estava transando eu sempre tive tesao por ela mais aquele lugar me deixou com mais esquecemos do tempo e veio o sr antonio ver oque aconteceu quase vio a gente sem roupa fomos para a casa dormimos um pouco a noite resolvemos sar e ir ate a casa do caseiro ja que nao tinha ninquem conhecido por perto ao chegar la eles estavam transando com a porta aberta o sr antonio estava comendo o cuzinho da esposa ficamos olhando um pouco e voltamos pra casa minha mulher es tava molhadinha e eu de pau duro comi ela na varanda tentei comer o cu dela mais nao deixou disse que tinha medo de doer nao insisti e dormimos de manha a esposa do caseiro veio buscar minha esposa para nadar no lago eu fiquei descansando depois fui tambem escutei uns gritos e me abaixei e vi minha mulher de quatro e seu antonio comendo ela a esposa dele armou tudo nao tive reacao fiquei olhando de pau duro o cara tem um pau duas vezes maior que o meu ela nunca gritou e gemeu daquele jeito comigo me senti um trapo fiz de conta que nem vi quando voltaram eu disse que iriamos embora no outro dia pois tinha negocios pra resolver ela concordou a noite tentei comer ela mais ela nao quiz sai pra fora e camihei ate o lago sr antonio veio atraz e ficamos conversando sem deixar ele saber que eu vi tudo pois estava humilhado eu senti tesao ao lembrar da cena ele me pediu para ver meu pau estranhei mais ele disse que queria me chupar vi ali a chance de me vingar sem jeito eu neguei mais ele pegou no meu pau e abocanhou tudo dizendo meu gostoso comi sua mulher mais queria era te dar naquele escuro via so o vulto dele me chupando entao senti meu pau endurecer ele lambia eu ja nao aguentava mais nunca tinha feito isso com homem ele se virou e eu comi o cuzinho dele ele senou em cima de mim e com a mao acariciava meus graos e passaca o dedo no meu cu eu estava gostando ele tentou me comer mais nunca dei e ele era pauzudo demais depois de um tempo resolvi experimentar ele cuspiu no pau e veio empurrando quando entrou a cabeca senti tanto tesao que me abri e ele pois tudo doeu muito mais ele nao parou ate colocar tudo eu estava quase gozando ele tirou e pediu pra chupar ele me chupava e esfregava o pau duro na minha cara entao eu bati uma pra ele e gozamos depois como se nada tivesse acontecido voltei pra casa abracei mimha esposa no outro dia despedimos deles e fomos embora nois nunca haviamos trido um au outro la fizemos tudo eu sabia dela e ela nao sabe do que eu fiz ate hoje nunca esqueci a cena dela com outro e me mastuebo de lembrar a transa minha e aquele cara que alem de comer minha esposa me comeu tambem.

Ele beijava a minha boca chupava os meus seios, lambia a minha barriga, até que chegou na minha boceta, ele estava doido de tesão, parecia um maluco apaixonado, chupou a minha boceta socou a língua no meu cu, socou quase que a mão inteira na minha boceta, nós estávamos praticando um sessenta e nove muito gostoso aquilo me deixou com tanto tesão, que eu chupava o seu pau com tanta força e ele acabou gozando na minha boca, depois que eu engoli toda aquela porra deliciosa, rapidamente ele veio pra cima de mim e socou o pau na minha boceta, ele socava o pau na minha boceta, beijava a minha boca chupava os meus seios e me fez gozar duas vezes seguidas.

– Olha, na época em que eu morava em república, acontecia muito de, nas férias, ficarem algumas colegas lá, enquanto a maioria dos homens voltava para suas casas. Num sábado conseguimos nos encontrar, fomos para um motel, ela tinha me falado que me queria de jaleco, então entrei no banheiro tirei tudo e fiquei so de cueca e coloqueo o jaleco, quando abri a porta ela estava nua na cama me esperando, era a visão do paraíso, ali descobri que não era só os braços que eram loirinhos, ela tinha pelinhos loiros pela barriguinha, pela bundinha, pelas coxas, minha rola ficou tão dura que saiu pela cueca, ela fez uma cara de safada quando viu, se levantou e já veio segurando minha rola e beijando minha boca, ela descei beijando meu peito minha barriga ate abocanhar minha rola, colocou ela toda na boca de primeira ( e ela é grande ) depois que engoliu ate se engasgar ela deu uma cuspida na cabeça e fez um boquete delicioso, ela chupava e olhava para minha cara de tesão, quando já não agüentava mais, puxai ela pelo cabelo e coloquei ela na cama, virei ela de costas e fiz uma massagem nela todinha quando ela já não se aguentava de tesão abri suas pernas e com os dedos fiz na sua bocetinha, era carnuda e apertadinha com um bigodinho de Hitler maravilhoso, enfiei meu dedo na sua boceta melada e fui chupando seu grelo, ela gemia e se contorcia de tesão, e foi ai a descoberta que me deixou cheio de tesão….

Fiquei me masturbando bem devagar, sentindo meu pau ficar estupidamente duro, grande.

Olá , vou fazer uma breve apresentação me chamo JULIA, ( nome fictício) tenho 24 anos, loira, magrinha mais com curvas definidas, seios durinhos e grandes, e alta! E adoro muito sexo, sem meias delongas vou descrever como conheci o meu mestre, sim um homem que passou a realizar todas as minhas fantasias e desejos, pois bem me separei a alguns meses e estava a procura de aventuras, foi então que baixei o TINDER rsrsrs e curtir o RAMON, (nome que ele mesmo escolheu) ele me curtiu e então começamos a conversar nada pra o lado sexual ainda, mais eu já tava louca para pedir nudes , mais vi que era um cara interessante e inteligente o papo rendeu por muitos dias, ate que marcamos de se ver, então ele me pegou no curso e saímos para um barzinho, dentro do carro mesmo eu já estava toda molhada de tesão naquela boca gostosa, barba bem feita, olhos cor de mel, mais fiquei na minha, então ele me mostrou um grupo de whats de amigos dele tirando onda que estavam curtindo foi ai que a mente do meu mestre começou a traçar algo picante então me propôs a fazer um vídeo sem aparecer meu rosto onde eu iria provocar os amigos deles, falando como terminaria nossa noite, o que? Eu, eu gamei, fiz o vídeo, e minha imaginação não parava de tramar coisas, então saímos do barzinho em direção a casa dele, mais no caminho eu estava piscando de tesão por ele, o negocio começou a pegar fogo, comecei abrindo a calça dele e comecei a acaricia-lo , a chupa-lo devagarzinho , pra maltratar mesmo, ele então parou em uma esquina e fiquei por minutos chupando aquele pau rosado, então tirei minha calcinha abrir as pernas e comecei a me tocar, minha buceta estava tão encharcada e assim continuamos o caminho paramos varias vezes,, estava encharcada ,nossa que delicia, ao chegar em frente ao condomínio dele eu pedi para não entrar naquela hora, queria que ele me comece ali mesmo, já estava tarde, não vimos ninguém na rua então no capo do carro ele me possuiu, me tomava com tanta força, e eu pedia mais e mais, a sensação de fazer na rua só fazia aumentar o meu tesão, sentia aquele pau me penetrando com tanta força, nos estávamos loucos de tesão, não conseguíamos parar de fuder , ele sentou no banco o fastou um pouco para traz e eu sentei em cima, cavalgava com movimentos circulares, tirava e colocava a cabecinha bem de devagar só para aquela rola arregaçando minha bucetinha, então entramos e continuamos no quarto, eu estava com meu brinquedinho na bolsa já imaginava que a noite ia terminar em sexo, “ adoro DP” pedi que ele comece meu cuzinho, ele obedeceu e começou a arregaçar meu cuzinho foi colocando devagarinho pegou meu MARANHÃO e foi colocando aos poucos ate eu sentir aquela sensação de submissão de não ter mais controle sobre seu corpo e apenas gozar de tudo aquilo, sexo anal me deixa louca de tesão, voltando logo depois foi a vez dele coloca seu pau no meu cuzinho ele abriu minha bunda pediu que eu a deixasse bem aberta e socou com muita força me deu calafrios de tesão, logo coloquei meu brinquedinho em minha bucetinha encharcada e assim continuamos, gozei primeiro me tremendo e se contorcendo em cima da cama ele não parava continuava com mais pressão, ate que mandou eu abrir a boca e um jato de porra veio com tudo, engoli aquele leitinho como se estivesse com fome, exaustos conversamos sobre sexo , perguntou sobre meus desejos, fantasias, a partir dai começou uma parceria de fodas incríveis , com 2 caras, com 1 mulher, irei descrever breve em mais contos, enfim encontre minha PF.