Brasileira amadora ninfetinha loira gozando por namorado de natal – rn

47 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

47 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Brasileira amadora ninfetinha loira gozando por namorado de natal – rn

Brasileira amadora ninfetinha loira gozando por namorado de natal – rn

Ele gemia mais alto a cada engolida na cabeçona que eu dava e dizia que estava amando aquele momento e me perguntava baixinho se eu tava gostando e se queria que eu fosse o seu macho secreto, eu respondia murmurando e ele mais ficava com tesão e já tava enfiando o dedo cheio de creme no meu cuzinho que tava piscando muito, ele acariciava meus cabelos e mandava eu mamar mais a me chamava de “minha putinha”… -mama seu macho putinha, mama… Eu tava quase gozando sem encostar a mão no meu pau… Ele gemendo e arfando e eu deitado ainda no seu colo olhando aquele colosso na minha frente até que ele não agüentou mais, segurou firme minha cabeça com uma mão e com a outra enfiava todo dedo grosso no meu cuzinho até explodir em gozo na minha boca dando urros e gozando que mais parecia uma torneira aberta saindo leite.

Disse: cala a boca ninfetinha que eu sei que você quer. Morávamos em uma grande capital brasileira, em um apartamento de 50 metros quadrados e para meu desespero minha filha ganhou um poodle macho de presente, cachorro já da trabalho, imaginem dentro de um apartamento.

Fomos para lá passar as festividades de Natal e Ano Novo. Ai eu falei – Entao liga Lia que vou e caminho de casa mesmo e Ela me conhece, desliguei o telefone e fui no banheiro porq eu tava mal mesmo, assim que voltei a Lia me ligou dizendo que tava ok e que Dra. Já estávamos ficando íntimos e as vezes íamos pra um barzinho próximo a universidade pra tomar umas cervejas e num desses programas, Graça nos confessou que era lésbica e que nunca tinha namorado homens,que só tinha curtido com garotas e nos questionou.

A safada me tascou um beijo, abaixou meu short e pegou muito gostoso no meu pau, que a essa hora ja estava doendo de tão duro, me beijando e me punhetando bem devagar, a mistura de tesão e medo de sermos descobertos, aumentava ainda mais o desejo de comer aquela loira gostosa.